Paulo Muzy Revelou os 6 maiores mitos da creatina

Compartilhe com os amigos

Um dos suplementos mais utilizados atualmente é a creatina, devido aos muitos benefícios que ela traz para o organismo. Mas ainda há alguns mitos a respeito da suplementação dessa proteína. Conheça hoje os 6 maiores mitos da creatina, segundo Paulo Muzy.

Todas as informações foram baseadas em artigos e estudos científicos e vamos deixar o link desses trabalhos para que você leia e conheça mais sobre o assunto. 

Quem é Paulo Muzy?

Um dos atletas mais famosos no mundo do fisiculturismo, Paulo Muzy é médico formado pela Universidade Federal de São Paulo, especializado em ortopedia e traumatologia. 

É também pós-graduado em fisiologia do exercício, nutrologia esportiva e medicina do esporte. Atualmente é médico da IFBB (Federação Internacional de Fisiculturismo e Fitness) e professor titular de Ciências do Exercício na Escola Paulista de Ciências Médicas.

USE O CUPOM “soumaxtitanium” PARA ATÉ 20% OFF

Além de tudo isso, ele também é atleta da Max Titanium. No nosso canal no Youtube você vai achar uma série de vídeos do Muzy respondendo diversas dúvidas sobre suplementação, exercícios e trazendo muitos conteúdos sobre saúde.

Agora vamos aos maiores mitos da creatina, segundo Paulo Muzy. Alguns fatos e vantagens dessa proteína não ficaram tão famosos e talvez você nem saiba que a cretina pode te ajudar ainda mais.

6 – Creatina e a privação do sono

Em um estudo de 2006, McMorris estudou os efeitos positivos que a creatina poderia trazer, ou não, para pessoas que tivessem o sono privado. 

Os resultados mostraram que a creatina nessas pessoas, privadas do sono, trouxe um efeito positivo no estado de humor e também nas atividades e tarefas que estas deveriam realizar. 

homem bocejando
Para aqueles que trabalham de noite e não conseguem dormir muitas horas, a creatina vai trazer mais bom humor e produtividade

Isso significa que atletas que fazem privação de sono, e usam creatina, vão ter uma boa performance e vão desempenhar as atividades normais, com uma boa eficiência. E quem não é atleta pode ter benefícios com a suplementação de creatina.

Caso a pessoa trabalhe muito, tenha turnos de noite e madrugada, é possível ter mais desempenho no trabalho e um humor melhor também, caso seja feito uma suplementação adequada de creatina. 

5 – A creatina e os idosos

Muitos dizem que após uma certa idade é mais difícil de conseguir o aumento de massa muscular. Porém, um estudo de 2016 mostrou que existe uma maneira para que os indivíduos da terceira idade ganhem massa. 

O trabalho de Camila Lemos Pinto, Patrícia Borges Botelho e Juliana Alves Carneiro, mostrou que idosos, que fazem o uso de uma pequena dose diária de creatina, por um período de 12 semanas, tiveram um aumento de massa muscular. 

Isso mostra que pequenas doses de creatinas, em pessoas com idade avançada, vão ajudar a trazer mais saúde e a manutenção da condição física. 

4 – O potencial da creatina além dos músculos

Muito é falado da creatina e os benefícios dela para atletas e praticantes de atividade física. Mas essa proteína é muito boa, e vai trazer melhorias, mesmo para quem não faz exercícios. 

É o que mostrou o estudo de 2016 de Lisa A. Riesberg. Segundo o trabalho, a creatina ajuda a preservar e a melhorar as condições neurológicas das pessoas. Isso é muito interessante, especialmente para quem já têm idades mais elevadas e que podem sofrer de problemas no cérebro. 

3 – Melhora dos sintomas de depressão

De acordo com um trabalho realizado por um grupo de  11 pesquisadores, em 2016, a creatina pode melhorar a qualidade de vida das pessoas com depressão severa. 

Essa é uma notícia boa para quem sofre com depressão. Segundo a Agência Brasil, em 2022, mais de 11 milhões de pessoas tinham essa doença, e no mundo são mais de 322 milhões de pessoas. 

2 –Efeitos anti câncer da creatina

O trabalho de Campos Ferraz, de 2016, trouxe uma informação animadora para a luta e prevenção do câncer, afirmando que essa proteína tem mecanismo para prevenir a ação da doença. 

Muito se falava que a creatina poderia fazer mal para a saúde, estragar os rins, mas esses estudos dizem o contrário e mostram a segurança e a eficácia dessa proteína, inclusive prevenindo e tratando doenças graves. 

1 – A creatina e a segurança da suplementação

Por muitos, a comercialização da creatina foi proibida, muito devido a falta de estudos e trabalhos que mostrassem a segurança e a eficácia dela. Mas com os avanços da medicina, foi possível mostrar e atestar todos os pontos bons dessa substância. 

Mais um estudo que mostra segurança da creatina é o trabalho de Rebeca Lugaresi, de 2013. O artigo buscou estudar a saúde dos participantes que fazem uso de creatina e têm uma dieta hiperproteica. 

Muitos dizem que as proteínas podem fazer mal à saúde, ainda mais aliada ao uso de creatina. Mas o trabalho mostrou que isso não é verdade.

Após 12 semanas, não foi observada nenhuma alteração nas funções dos rins dos participantes que fazem uso de creatina e tinham uma dieta hipertônica. 

Portanto, não é preciso ter medo de fazer uso de creatina, os estudos mostram que esse é um suplemento seguro e vai fazer bem para todos, mesmo para aqueles que não fazem atividade física de alta performance.  

Onde comprar creatina?

Agora que você conhece os maiores mitos da creatina, segundo Paulo Muzy e viu alguns benefícios dessa proteína que não são tão divulgados, chegou a hora de você comprar a sua na Max Titanium

Nossos produtos são todos originais, de alta qualidade e vão te ajudar a conquistar os resultados tão esperados. 

Creatina 300g em promoção

R$209,90 por R$113,74

  • Melhora a performance nos treinos
  • Aumento de força
  • Ganho de massa muscular
  • Revigora as fontes de energias
  • Redução da fadiga
creatina max titanium sem fundo


Compartilhe com os amigos

Posts Similares